quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Os anos de nossa vida...

Fico a pensar no Mistério de nosso caminho aqui na terra. Foi-se um tempo em que eu cheguei a me perguntar se realmente somos desejo de um Criador ou meramente um arranjo genético que deu certo, uma mera combinação vencedora na loteria da história do mundo. Pela fé, meu coração foi se conformando na verdade de um amor que transcende qualquer acaso. Habitantes somos no coração de um Deus que se arriscou no nada da morte para recolocar-nos no bom lugar de nós mesmos. Não há certezas científicas que bastem, apenas o salto a partir de uma experiência comunitária e pessoal da fé.

Mistério de Amor: se é de Amor, é de Liberdade. Quão belo perceber que o Criador suporta, inclusive, ser desconsiderado por sua criatura. Amar até tocar as barras das últimas conseqüências. Amor que suporta calar... Percebo sempre mais que os anos que passamos nesta vida, irrepetível, são os anos da pedagogia humano-divina de Deus que nos ensina a amar. Tempo para aprender e apreender este dom sublime, tempo para aprender a ser de Deus. Nisto sinto que minha alma toca as barras do Mistério grandioso que me sustenta. Para além de uma "recompensa" final, apenas uma resposta amorosa à indagação daquele que amou além da conta: "Queres ou não continuar a viver a graça deste amor?". 

É belo perceber que Deus será sempre novidade aos corações daqueles que permanecem atentos à vida. Inclusive no que virá como eternidade, Deus será sempre novidade a nos provocar para o amor. Então, para que perder tempo com tantas coisas que nos endurecem ao invés de gastarmo-nos em aprender a viver a ternura? Já pararam para perceber que as marcas do Eterno em nós são evidenciadas justamente quando nós amamos?


É interessante perceber que a grandiosa maioria de nossos sofrimentos são infligidos por nós aos outros ou são os outros que nos infligem. Meninos caminhantes nas sendas da história, muitas vezes não temos controle sobre o impacto do que fazemos. Ou, como a criança que queima as asas de uma abelha, temos profundo gozo no mal que fazemos. Parte do "Misterium iniquitates". Mal Moral. Por isto, volta e meia aprendemos o perdão, dando-o e recebendo. No mais profundo da nobreza da alma humana, a possibilidade de dar a chance ao outro e a si de ressurgir...

Traumas, choques, engodos, coisas mal resolvidas, todas surgidas do caminhar claudicante neste tempo de aprender. É duro perceber que alguns preferem o chapéu de "burro" e o canto da sala, a crescer na vida e abandonar aquilo que impermeabiliza.

Podem me chamar de "romântico", até mesmo no sentido mais "sonhador" da palavra, mas ainda acredito que a humanidade pode ser diferente ao aprender ser modelada pelo amor. É ato de fé! Certo é que os sofrimentos não deixarão de existir. Sempre haverá esbarrões e espinhos nas "encostadas" da vida. Contudo, pelo menos aprenderemos a deixar que o pó que somos não seja simplesmente chão a ser batido pelos pés da morte. Eternizando-nos na vivência daquele que é Amor, o último inimigo já foi vencido...


--
P.e Maikel P. Dalbem, C.Ss.R.

Palavra do dia - 30 de novembro (áudio)



Boa tarde!!! Força e paz para todos!

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Versículo Bíblico para o seu dia - 30/11/2011

"A sabedoria inspira a vida aos seus filhos, ela toma sob a sua proteção aqueles que a procuram; ela os precede no caminho da justiça. Aquele que a ama, ama a vida; aqueles que velam para encontrá-la sentirão sua doçura. Aqueles que a possuem terão a vida como herança, e Deus abençoará todo o lugar onde ele entrar."
Eclo 4,12-14


--
P.e Maikel P. Dalbem, C.Ss.R.

Palavra do dia - 29/11/2011



Um bom dia para todos!!!!

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Versículo Bíblico para o seu dia... 29/11/2011

"Crê em Deus, e ele cuidará de ti; espera nele, e dirigirá os teus caminhos; conserva seu temor, e nele permanece até à velhice."
Eclo 2,6

--
P.e Maikel P. Dalbem, C.Ss.R.

Noturno...

Terminando meu dia ouvindo o grande Dorival Caymmi: "O Bem do mar". Eita saudade do mar... Coração está pequeno... 
Beleza do Deus infinito no salgado do suor e das lágrimas de alegria e tristeza de uma Criação que pulsa vida. Calo-me reverenciando a poesia cotidiana... 
Quando mais jovem, gostava de sentar em uma pedra onde, de um lado via o nascer do sol pela manhã; do outro via o poente à tarde. Lembranças de um Estado do Espírito Santo que fica na memória agradecida. Tantos pequenos grãos de areia que formam a argamassa que me constitui e que, ao longo dos anos, vem sendo rompida e modelada pelo Criador.
Acho que estou um pouco nostálgico hoje (rsrsrsrs).


Como não posso colocar o CD aqui, vai o vídeo do youtube para vocês curtirem também...



Versículo Bíblico para o seu dia - 28/11/2011

"Plenitude da Sabedoria é temer a Deus: com seus frutos ela inebria os fiéis; de coisas preciosas enche toda a sua casa e, de tesouros, os seus celeiros. Coroa da Sabedoria é o temor do Senhor, que faz florir a paz e o fruto da salvação"
Eclo 1,20-22 (Bíblia da CNBB)

--
P.e Maikel P. Dalbem, C.Ss.R.

Palavra do dia - 28/11/2011 (áudio)



Amigos:

Desculpem pelo atraso. Fiquem com Deus!!!

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Versículo Bíblico do dia - 26/11/2011

"O princípio da Sabedoria é o mais sincero desejo da instrução; a preocupação pela instrução é o amor; o amor é a observância de suas leis; a observância das leis é garantia de incorruptibilidade, e a incorruptibilidade faz estar junto de Deus."
Sb 6,17-19

--
P.e Maikel P. Dalbem, C.Ss.R.

Versículo Bíblico do dia - 25/11/2011

"A Sabedoria é luminosa e nunca murcha. Facilmente é contemplada por aqueles que a amam, e é encontrada pelos que a procuram. Ela até se antecipa, apressando-se a mostrar-se aos que a desejam."
Sb 6,12-13

--
P.e Maikel P. Dalbem, C.Ss.R.

Palavra do dia - 25/11/2011 (áudio)


Desculpem-me pelo atraso. Estávamos acolhendo a cruz e o ícone de Nossa Senhora peregrinos na preparação da JMJ. Momento belíssimo!!!

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Palavra do dia - 24/11/2011 (áudio)



Desejo a todos, uma tarde na presença de Deus!!!

Versículo Bíblico do dia - 24/11/2011

"Em tudo, Senhor, engrandeceste o teu povo: tu o honraste e não o desprezaste, assistindo-o em todo tempo e lugar!"
Sb 19,22
--
P.e Maikel P. Dalbem, C.Ss.R.

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Para refletir... Clarisse Lispector

"Sou o que quero ser, porque possuo apenas uma vida e nela só tenho uma chance de fazer o que quero.
Tenho felicidade o bastante para fazê-la doce, dificuldades para fazê-la forte, Tristeza para fazê-la humana e esperança suficiente para fazê-la feliz.
As pessoas mais felizes não tem as melhores coisas, elas sabem fazer o melhor das oportunidades que aparecem em seus caminhos"

Clarisse Lispector

--
P.e Maikel P. Dalbem, C.Ss.R.

Palavra do dia - 23/11/2011



Está aí o programa de hoje!!! Mais tarde vou postar alguma coisa que produzi. Abração!!! Fiquem com Deus!!!

Versículo bíblico do dia - 23/11/2011

"Amai a justiça, vós que governais a terra; pensai corretamente sobre o Senhor e com integridade de coração procurai-o"
Sb 1,1

--
P.e Maikel P. Dalbem, C.Ss.R.

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Palavra do dia - 22/11/2011 (áudio)



Bom dia para vocês!!! Fiquem com Deus!!!

Versículo bíblico do dia - 22/11/2011

"Deus me conceda falar segundo o seu desejo e ter pensamentos dignos dos dons que recebi, pois ele é o guia da Sabedoria e é também quem corrige os sábios; em suas mãos estamos nós e as nossas palavras, assim como toda a Sabedoria e a habilidade."
Sb 7,15-16
--
P.e Maikel P. Dalbem, C.Ss.R.

sábado, 19 de novembro de 2011

Poemas de Drummond: Desejos

Desejo a vocês...
Fruto do mato
Cheiro de jardim
Namoro no portão
Domingo sem chuva
Segunda sem mau humor
Sábado com seu amor
Filme do Carlitos
Chope com amigos
Crônica de Rubem Braga
Viver sem inimigos
Filme antigo na TV
Ter uma pessoa especial
E que ela goste de você
Música de Tom com letra de Chico
Frango caipira em pensão do interior
Ouvir uma palavra amável
Ter uma surpresa agradável
Ver a Banda passar
Noite de lua cheia
Rever uma velha amizade
Ter fé em Deus
Não ter que ouvir a palavra não
Nem nunca, nem jamais e adeus.
Rir como criança
Ouvir canto de passarinho.
Sarar de resfriado
Escrever um poema de Amor
Que nunca será rasgado
Formar um par ideal
Tomar banho de cachoeira
Pegar um bronzeado legal
Aprender um nova canção
Esperar alguém na estação
Queijo com goiabada
Pôr-do-Sol na roça
Uma festa
Um violão
Uma seresta
Recordar um amor antigo
Ter um ombro sempre amigo
Bater palmas de alegria
Uma tarde amena
Calçar um velho chinelo
Sentar numa velha poltrona
Tocar violão para alguém
Ouvir a chuva no telhado
Vinho branco
Bolero de Ravel
E muito carinho meu



Bom final de semana!!! Viva as coisas boas e simples!!! Deus abençoe a todos!!!

Palavra do dia - 19/11/2011 (áudio)

Bom dia!!! Programa Palavra do dia de hoje na Educadora Am 1010.




Fiquem com Deus!!!

Versículo Bíblico do dia... 19/11/2011

"Se alguém me ama, guardará minha palavra e meu Pai o amará e a ele viremos e nele estabeleceremos morada."
Jo 14,23

--
P.e Maikel P. Dalbem, C.Ss.R.

Para refletir... Madeleine Delbrêl

"Deus é realmente um Alguém para nós. Para mim, é a melhor das traduções do "Creio em Deus". Deus quis que soubéssemos que ele é alguém, que ele vive, que ele age, que ele ama."

DEBRÊL, Madeleine. Nous autres, gens de rues. Le Seuil, p. 218.

--
P.e Maikel P. Dalbem, C.Ss.R.

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Porosidades...

Faz algum tempo que tenho aprendido a ser "poroso". Tenho me deixado penetrar por tantas experiências de vida que me circundam em cada dia que me é permitido viver. Olho para Jesus e o vejo assim: "poroso". Ninguém passava despercebido diante dele: "Alguém me tocou",  frase do Cristo que me foi relembrada em música amiga que agora, enquanto escrevo, ouço, é uma das tantas que posso usar para exemplificar. Por muito tempo, a frigidez da lógica contabilista e da informática acabaram por modelar meu modo de ser. Rompendo com isto, aprendi, e isto eu devo a tantas amizades e experiências que a graça divina tem me proporcionado perceber e acolher, a desvelar um Mistério que me circunda nas coisas mais cotidianas.

Agora mesmo, ao ler uma frase citada em um site, recordei-me de um livro que na infância, tomado de empréstimo da biblioteca municipal, li e que me acompanha até hoje. Há pouco tempo, comprei-o na língua original: "Le petit Prince", "O pequeno Príncipe" de Antoine de Saint-Exupérry. Trata-se de um livro "poroso", ou melhor, um livro que nos ensina esta arte de ser. Resumidamente, é a história de um príncipe-criança, reinante em um minúsculo asteróide, que vem à terra e se encontra com um aviador que estava perdido no meio do deserto. No diálogo de vida que se trava, o pequeno, com sua interpelante ingenuidade, ensina e recorda ao coração cansado do homem dos céus, coisas simples há muito esquecidas.

A frase lida no site é esta: "Era uma pessoa igual a cem mil outras pessoas. Mas, eu fiz dela um amigo, agora ela é única no mundo". O tema da amizade, deste profundo rompimento da casca primitiva egóica, que em muitos cansa em perdurar, libertando-nos para uma abertura à porosidade benévola que abre para o "mundo da vida", retorna sempre com muita força nesta obra. É pela amizade que deixamos de ser "indiferenciados" e nos tornamos únicos no mundo, eternos para alguém. Da mesma forma que deixamos de ver um mundo indiferenciado, para percebermos marcas do Eterno vivendo em tantas pessoas e lugares. As cores e os matizes começam a aparecer com toda sua força.

No final de cada dia, repito esta idéia-oração: "Livra-me, Senhor, de ser 'mármore envidraçado'. Onde o óleo da benção, o suor das lidas, o salgado das lágrimas... não podem penetrar. Que a dureza do mundo não venha a 'envidraçar' o meu coração. Quero ser sempre mais tocado pela vida! Dá-me a graça de ser "poroso". É só isto eu lhe peço!".


--
P.e Maikel P. Dalbem, C.Ss.R.

Versículo Bíblico para o nosso dia - 18/11/2011

"Deus enviou em nossos corações o Espírito de seu Filho, que exclama: Abba, Pai. Portanto, já não és mais escravo, mas filho e como filho, és também herdeiro."

Gl 4,6-7

--
P.e Maikel P. Dalbem, C.Ss.R.

Palavra do dia - 18/11/2011



Programa de hoje pela manhã na Educadora AM 1010.

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Tabernáculo...

Acolhe-me Senhor,

Só em ti quero viver.

Tabernáculo seu eu sou

Morada do meu Deus.

 

Recebe-me Senhor,

Faz morada em meu ser

Dá-me a luz pro meu caminho

Sara as dores do viver.

 

No teu colo eu quero ser

Ver vida florescer

Viver a acolhida,

De uma vida oferecida.

 

No altar da vida

Quero fazer comunhão.

Na hora em que a história

Faz-se partido pão.

 

Nas cruzes do dia-a-dia

Consolo eu encontro

Na solidariedade

De um amor-oblatividade.

 

Comunhão de vida

Vida e realidade,

Rosto da verdade,

Serena e divina amizade. 


--
P.e Maikel P. Dalbem, C.Ss.R.

Palavra do dia - 17/11/2011 (áudio)



Bom dia, meus caros! Aí está o programa de hoje! Fiquem com Deus!

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Versículo Bíblico do dia ... 17/11/2011

"Mas as almas do justos estão nas mãos de Deus, e nenhum tormento os tocará".
Sb 3,1

--
P.e Maikel P. Dalbem, C.Ss.R.

Palavra do dia -16/11/2011 (áudio)

Programa Palavra do dia na Educadora AM 1010.




Fiquem com Deus

Versículo Bíblico do dia... 16/11/2011

"Que teu coração deposite toda a tua confiança no Senhor! Não te firmes em tua própria sabedoria... Não sejas sábio aos teus próprios olhos, teme ao Senhor e afasta-te do mal."
Pr. 3,5.7

--
P.e Maikel P. Dalbem, C.Ss.R.

P.S.: Depois das 12hs teremos o áudio do programa "Palavra do dia" da Educadora Am 1010.

terça-feira, 15 de novembro de 2011

"Pondus meum amor meus; eo feror, quocumque feror". (Confissões: XXXIII,9)

Traduzindo bem livremente a frase que encabeça este pequeno texto, teríamos o seguinte: "O meu amor é o meu peso (centro de gravidade); ele me leva aonde quer que eu vá". A profunda percepção deste grande padre da Igreja, Santo Agostinho, revela-nos algo do Mistério que cerca nosso mais íntimo: somos seres amantes... A verdadeira realização de nossas existências acontece na busca de viver e sentir o amor. Nisto nos sentimos vivos. Toque da grandiosidade do Mistério Trinitário, que nos antecede, nos acolhe e nos encaminha.
O mesmo Agostinho afirmou: "Ama e faz o que queres, porque se amas corretamente, tudo quanto faças será bom". Assim o amor transmuta-se em realidade aplicável no cotidiano real de nossas vidas. É norma, ética, casa da acolhida, Torah. A experiência de amar e sentir-se amado alicerça o edifício de uma vida que quer se realizar na Verdade. Desviar-se do amor significa perder o centro gravitacional, flutuar na fluidez de uma pseudo-realidade que não se enraíza.
Contudo, amar corretamente; amar como Jesus amou. Nascidos que fomos e continuamos a ser, expulsos dos diversos úteros aconchegantes por lá não mais cabermos e que desde o primeiro momento acabamos por nos apoderar deles como lugar de segurança, esbarramos em nós com diversas forças fragmentadoras, em fomes e faltas que tendem a nos tirar o chão. Fechamentos narcísicos e desagregadores, que acabam por nos distanciar do verdadeiro amor, escondem formas sutis de violência, pois acabam por minar qualquer possibilidade de encontro real com o outro, o diferente, que nos afirma e nos questiona na busca da construção comungante de uma identidade no chão da história.
Viver caminho no amor é, portanto, viver caminhos unificadores de nós mesmos. É caminho de cura interior de nossos traumas e fragmentações. No tempo da vida que nos é dado por Deus, tempo de aprendermos a amar, vivemos realmente na medida em que nós aprendemos a romper as cascas desagregadoras e a nos lançarmos no encontro com um mundo, criatura de Deus, buscando a unicidade possível no amor. A palavra final de Deus sobre cada um de nós, queimadas as "palhas", será a mesma palavra de amor que aprendemos a dar enquanto caminhamos na vida.

--
P.e Maikel P. Dalbem, C.Ss.R.

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Deus, Tu és o meu Deus - texto de Jacques Loew

Deus, meu Deus, não é uma fórmula de rotina
que repetimos sem pensar
e se assim o fizermos, é de lastimar!

O minúsculo pronome pessoal
pesa mil e mil vezes seu peso em outro.
Por ele, Deus, deixaste de ser o Deus anônimo
dos pensadores,
para ser o Deus que me fala,
como outrora falaste a Moisés,
como um amigo fala a seu amigo.

Tu és o "Deus vivo", próximo dos homens.
A Moisés já te apresentaste como o Deus
de seus antepassados:

"Eu sou o Deus de teu pai,
Deus de Abraão, Deus de Isaac, Deus de Jacó".
Não uma simples Idéia,
mas Alguém que fala a alguém.
Como um tesouro de família,
um segredo que se transmite
de geração em geração...

LOEW, Jacques. Meus Deus em quem confio. Paulinas: SP, 1986, p. 129

--
P.e Maikel P. Dalbem, C.Ss.R.

Palavra do dia

Queridos:

Hoje não teremos o Palavra do dia na Educadora AM 1010. Ainda estou em viagem. Amanhã com certeza voltará ao normal. Durante o dia, vou postando uma coisinha aqui, outra acolá.
Abraço! Fiquem com Deus! Até mais!!!


 
--
P.e Maikel P. Dalbem, C.Ss.R.

sábado, 12 de novembro de 2011

Poemas... Catulo da Paixão Cearense

Reli ontem à noite e partilho com vocês. Este, particularmente, toca-me o coração...


A FLOR DO MARACUJÁ

Encontrando-me com um sertanejo  
Perto de um pé de maracujá 
Eu lhe perguntei:  
Diga-me caro sertanejo  
Porque razão nasce roxa  
A flor do maracujá?

Ah, pois então eu lhi conto  
A estória que ouvi contá 
A razão pro que nasci roxa  
A flor do maracujá

Maracujá já foi branco  
Eu posso inté lhe ajurá 
Mais branco qui caridadi  
Mais brando do que o luá

Quando a flor brotava nele  
Lá pros cunfim do sertão 
Maracujá parecia  
Um ninho de argodão

Mais um dia, há muito tempo  
Num meis que inté num mi alembro  
Si foi maio, si foi junho  
Si foi janero ou dezembro 

Nosso sinhô Jesus Cristo  
Foi condenado a morrer 
Numa cruis crucificado  
Longe daqui como o quê

Pregaro Cristo a martelo  
E ao vê tamanha crueza  
A natureza inteirinha  
Pois-se a chorá di tristeza 

Chorava us campu  
As foia, as ribera  
Sabiá também chorava  
Nos gaio a laranjera 

E havia junto da cruis  
Um pé de maracujá 
Carregadinho de flor 
Aos pé de nosso sinhô

I o sangue de Jesus Cristo  
Sangui pisado de dô 
Nus pé du maracujá  
Tingia todas as flor

Eis aqui seu moço 
A estoria que eu vi contá 
A razão proque nasce roxa  
A flor do maracujá. 

--
P.e Maikel P. Dalbem, C.Ss.R.

Poemas... Patativa do Assaré

Meus versos são como semente
Que nasce arriba do chão;
Não tenho estudo nem arte,
A minha rima faz parte 
Das obras da criação

--
P.e Maikel P. Dalbem, C.Ss.R.

Versículo bíblico do dia... 12/11/2011

"Uma mosca morta infecta e corrompe o azeite perfumado; um pouco de loucura é suficiente para corromper a sabedoria. O coração do sábio está à sua direita: o do insensato à esquerda. No meio da estrada, quando caminha o tolo, falta-lhe o bom senso, e todos dizem: É um louco."
Ecle 10,1-3

--
P.e Maikel P. Dalbem, C.Ss.R.

Problemas para postar o palavra do dia...

Caros:

Estou em viagem e com problemas para posta o áudio do Palavra do dia de hoje. Vou tentar mais tarde, quando a rede estiver melhor. Fiquem com Deus!!

Atualização: 15:22: Infelizmente vou ficar devendo o Palavra do dia de hoje. Não foi possível "subir" o arquivo. Na terça-feira voltará ao normal.

--
P.e Maikel P. Dalbem, C.Ss.R.

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Palavra do dia - 11 de novembro



A atualização do Palavra do dia saiu mais cedo do forno hoje. Pegando a estrada. Tenho mais de 840 km pela frente. Fiquem com Deus!

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Louvores...


Nariz...
Receptor aguçante de um Mistério
que em mim habita.

Perfumes e odores, bons e maus,
extensão de um mundo
que acaba por me penetrar e em mim habitar.

Olho...
Espelho translúcido que desvela um pouco
o Mistério que me circunda.

Luzes e trevas, claridade e sombra,
passam pela retina,
levando-me ao encontro da vida.

Boca, papilas...
Mais do que palavras,
o sabor de uma sabedoria que transborda.

Doce e salgado, azedo e amargo,
sorver a beleza da vida
que transborda do cálice.

A vida em todos os lugares
explode em seu viço
carente em proclamar a beleza
daquele que a antecedeu.

Um mundo habita em mim.
Estendendo-me para além
de onde meus braços podem tocar,
de onde meus passos podem chegar.

Explode em meu peito um louvor
que toca o altar da vida.
Toca o Mistério
ao deixar-me ser tocado pelo Criador.

Beleza de criatura admirada
é louvor ao autor...

Poemas... Drummond

Memória

Amar o perdido
deixa confundido
este coração.

Nada pode o olvido
contra o sem sentido
apelo do Não.

As coisas tangíveis
tornam-se insensíveis
à palma da mão

Mas as coisas findas
muito mais que lindas,

Carlos Drummond de Andrade

--
P.e Maikel P. Dalbem, C.Ss.R.

Para refletir...

"Com o coração se pede. Com o coração se procura. Com o coração se bate e é com o coração que a porta se abre."

"O dom da fala foi concedido aos homens não para que eles enganassem uns aos outros, mas sim para que expressassem seus pensamentos uns aos outros."

Obs.: Não pude checar as fontes das citações, mas aquele que mas passou, disse ser de Santo Agostinho.
--
P.e Maikel P. Dalbem, C.Ss.R.

Palavra do dia - 10 de novembro



Esqueci de agradecer a turma do facebook pelas ressonâncias. Fiquem com Deus!

Para refletir...

"Dois amores construíram duas cidades: o amor de si mesmo, chegando ao descaso de Deus, a cidade terrestre; o amor de Deus, chegando ao descaso de si mesmo, a cidade de Deus."

Santo Agostinho, A  Cidade de Deus, XIV, XXVIII
--
P.e Maikel P. Dalbem, C.Ss.R.

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Versículo bíblico do dia - 10/11/2011

"... O Reino de Deus não vem ostensivamente. Nem se poderá dizer: 'Está aqui' ou 'Está ali', porque o Reino de Deus está entre vós"
Lc 17,20-21

--
P.e Maikel P. Dalbem, C.Ss.R.

Cinco pães e dois peixes...

Senhor:

Pequeno eu sou.
Nada mais que cinco pães e dois peixes...
No mar da história humana,
caminho marcado por tantos notáveis e anônimos,
sou menos que um grão de areia.

Grato, Pai,
pois sei que escolhestes a humanidade
para, com ela, amar a Criação!
Apesar e com minhas fraquezas,
sei que me acolheis em cada dia que me é permitido viver...

Tomastes minha pequenez,
nada mais que cinco pães e dois peixes,
e dela fizestes algo bom.

Penso no meu ministério...
Com a força do vosso Espírito
sempre a me guiar,
tomo consciência da graça comunitária
que carrego em minha mãos.

Sou vaso de barro
carregando tesouro imenso...
Alegra-me saber de tantos outros,
vasos de barro como eu,
que na vivência do tesouro que portam,
fazem-se, na solidariedade,
uma só família na mesa do pão e do vinho
Corpo e Sangue de vosso Filho.

Grato Pai, pois a cada noite
posso descansar meu corpo
dos cansaços cotidianos.
Sabendo que, mesmo sendo pouco,
em vossas mãos posso ser mais...

Palavra do dia - 09 de novembro de 2011

Programa veiculado hoje na Educadora Am 1010 hoje pela manhã.




Obs.: Obrigado pelos comentários (aqui no blog, e-mail ou DM)! Vamos continuar a aperfeiçoar o nosso blog. Continuemos caminhando...

279 anos de fundação da Congregação do Santíssimo Redentor

Hoje é dia de festa para nós Redentoristas. 279 anos de fundação da C.Ss.R. Deus continue conduzindo nosso caminho em direção ao seu coração. Segue o link da matéria feita pela equipe de jornalismo da província: http://www.provinciadorio.org.br/?pagina=noticia&id=127&.html

Fiquem com Deus!

--
P.e Maikel P. Dalbem, C.Ss.R.

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Versículo Bíblico do dia... 09/11/11

Rasgai vossos corações, não as roupas! Voltai para o SENHOR vosso Deus, pois ele é bom e cheio de misericórdia! É manso na raiva, cheio de carinho e retira a ameaça!
Jl 2,13

-- 
P.e Maikel P. Dalbem, C.Ss.R.

P.S.: Espero que estejam gostando da nova cara do blog. Até o final da semana, acredito que ainda teremos mais alterações. Comemorando 2 anos de existência.

Palavra do dia - 08 de novembro de 2011

Agora vocês já pode ouvir o programa Palavra do dia aqui no blog. É só utilizar o player abaixo. Espero que gostem. Fiquem com Deus!




Se gostarem, por favor, deixem seu comentário abaixo. Ouvindo a vocês, o nosso trabalho pode melhorar sempre!

Novo layout do blog...

Amigos:
Comemorando dois anos no ar, estou preparando um novo layout para o blog. Até o final de semana ficará pronto. Hoje começaremos com outra novidade: postaremos, todos os dias, as reflexões do Palavra do dia programa da Educadora Am 1010. Espero que gostem!

--
P.e Maikel P. Dalbem, C.Ss.R.

Versículo Bíblico do dia... 08/11

"O fruto do justo é uma árvore de vida; o que conquista as almas é sábio".
Pr 11,30

--
P.e Maikel P. Dalbem, C.Ss.R.

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Novidade no blog...

Caminheiros:

A partir de amanhã, sempre depois das 12hs, você poderá ouvir no blog as reflexões que faço todos os dias no programa "Palavra do dia" da Educadora Am 1010 (Vale do Aço).
Acompanhe e, se gostar, indique!

--
P.e Maikel P. Dalbem, C.Ss.R.

Para refletir... com Santo Afonso Maria de Ligório

"Ó meu bem-amado Redentor, se eu pudesse ter em meu poder todos os corações dos homens para vos amar, com estes corações reunidos, tanto quanto mereceis" Por que, nesta terra em que derramastes todo o vosso sangue, ó Deus de amor, e destes vossa vida por amor dos homens, por que, digo, há tão poucos que ardem de amor por vós?"
Caminho da Salvação, Santo Afonso Maria de Ligório

--
P.e Maikel P. Dalbem, C.Ss.R.

Versículo bíblico do dia... 07/11

"Não abandones a Sabedoria, e ela te guardará; ama-a, e ela te protegerá".
Pr 4,6

--
P.e Maikel P. Dalbem, C.Ss.R.

sábado, 5 de novembro de 2011

Republicando: Ecos

As decorações de Natal começam a aparecer. Proximidade desta data tão especial. Resolvi republicar no blog este texto escrito para o Natal de 2007. Ainda é cedo, mas espero que gostem.



"Eis que lá das estrelas, ó Rei celeste,

tu vens nascer na gruta ao frio agreste.

Ó Menino meu Divino, eu te vejo aqui tremer."

(Santo Afonso)

Há mais de dois mil anos que chora uma criança numa pequena estrebaria de uma cidadezinha. Chora a dureza do nascimento humano, o desconforto da pobreza, a frieza dos homens. Encontra abrigo no regaço de sua mãe. Colo acolhedor, os braços da mãe são abrigo certo na realidade hostil. Encontra consolo no olhar atento do pai que, cuidadoso, prepara um lugar, com os escassos meios que possuía, para que a mãe e o menino pudessem reclinar e, atento, vela pelo sono dos dois. Eis o mistério grandioso que acontece nesta cena: Deus vem habitar em meio à escassez da humanidade.

Quem tem "ouvido de sentir" pode perceber, ainda hoje, os ecos do choro deste menino. O olhar gritante de tantas crianças perdidas nos semáforos da vida, de tantos velhinhos esquecidos por suas famílias, de tantos homens e mulheres sofredores em sua experiência de solidão e desamparo, de tantos pobres que gritam pelo mínimo, ressoa os clamores daquela criança. Diversos rostos do Cristo clamando por um movimento de carinho, compaixão, irmandade em sua direção. Rostos humanos desfigurados clamando por redenção.

Infelizes os de coração mirrado e surdo, pois estes não conseguem ver a Deus na vida, porque deixaram seus corações serem deteriorados pela mecânica do mundo atual, tornando-se máquinas e esquecendo-se de sua humanidade.

A Deus elevo minha prece: Guarda-me Senhor da insensibilidade. Não permita que a frieza invada o meu coração. Dai-me a graça de ter 'verdadeiros ouvidos do coração', para que eu não permaneça surdo diante de Tua voz no mundo. Cura-me da cegueira e da surdez que não permitem ver no outro meu irmão, filho Teu. Livra-me deste mal para que eu possa viver com a consciência e a certeza de que, com os outros homens, sou família de Deus.

Afinal, o que é a nossa vida se não um dia que se passa na inocência do amor; uma brisa suave que, de maneira tímida e sutil, pode refrescar o ardor das queimaduras do sol de uma existência por si dura. O que é a encarnação se não o grande Mistério de um Deus que ama o homem até as últimas conseqüências. Um Deus que se torna contingente, assumindo a realidade ambígua de sua criatura, simplesmente por amar. Sim Pai, guarda-me da impermeabilidade de um coração que não sente a presença do outro, de um coração que não consegue amar simplesmente por amar.


Texto escrito em 2007, após algumas noites de insônia.


--
P.e Maikel P. Dalbem, C.Ss.R.

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Versículo Bíblico

"Assim, eu preguei o Evangelho de Cristo, desde Jerusalém e arredores até a Ilíria, tendo o cuidado de pregar somente onde Cristo ainda não fora anunciado, para não acontecer de eu construir sobre alicerce alheio. Agindo desta maneira, eu estou de acordo com o que está escrito: "Aqueles aos quais ele nunca fora anunciado, verão; aqueles que não tinham ouvido falar dele, compreensão".
Rm 15, 19-21 
 
--
P.e Maikel P. Dalbem, C.Ss.R.

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Versículo Bíblico - 03 de novembro

"Porque eu sei que o meu Redentor vive, e que por fim se levantará sobre a terra."
Jó 19,25

--
P.e Maikel P. Dalbem, C.Ss.R.